A CAPITAL DOS PECADOS CAPITAIS

quinta-feira, setembro 03, 2015 0 Comments A+ a-




Os pecados devem ser muito importantes pois não se contentam com o título de simples cidades, eles precisam ser capitais de seus respectivos Estados de espírito.
A solução seria morar em outras regiões mas é impossível não desejar estar perto de todos os prazeres breves, né? Bom pra quem vive pouco, ruim pra quem será centenário.

Acostumado a pagar pelos errados, eu sobrevivo com a mesada dos certos. É pouco, menos que o bastante, não serve três refeições por dia, mas garante uma pequena fortuna de caráter embaixo do colchão.
Aprendi a economizar com as desventuras e talvez precise viver mais que todas as minhas gerações juntas para conseguir adicionar a riqueza como amiga numa dessas redes sociais da moda.

É caro viver quando se subestima o barato. Eu subestimei um planeta que se vestia de perfeito mas a etiqueta mostrava marcas adulteradas. Tentei trocar pecados arrependidos por outros de menor valor penitencial e acabei tirando demônios da cartola. E eu me pergunto:
Pra onde foram os coelhos?

Não sei. Aparentemente não existe truque que engane os pecados, independente do tamanho deles.

Até os anjos estão pagando de santo. Eu também pagaria se tivesse capital.
Mas capital, hoje, só o pecado.

Imagem: Alex Blackriver

Redator publicitário, baterista, compositor e escritor - flertando perigosamente com o roteiro. Reflete sobre cultura, pedaços de mainstream e as maravilhas ocultas em pequenas situações do cotidiano.

Divague, opine, discuta. Coloque sua inspiração no 220v. Toda essa transpiração criativa é o combustível da minha respiração.