A DESCRIÇÃO DA DISCRIÇÃO

sexta-feira, julho 03, 2015 2 Comments A+ a-




É um descompasso dentro do tempo

quando um dos seus olhos pisca

durante a quarta temporada de uma série qualquer

Pois o cobertor escorregou pelo sofá

Onde você guarda cada momento
Cada amor a primeira vista

Antes de um necessário salve-se quem puder 

Antes de autorizar um deixar pra lá 


Pensa num futuro distante daqui

com a geladeira aberta

e um coração vazio de propósito 

pois precisa de espaço pra pensar 
 


Tão disfarçada que nem reconheci

sua postura quase certa

trancando as ideias num depósito 

pois revoluções podem esperar

Mas antes do café da manhã
quando lágrimas temperam o leite 

Eu bebo sem adoçante 

só pra você ficar saudável 



Sempre adormecia no divã 

para que você não aproveite 

e descubra qualquer agravante

em meu caráter questionável

Redator publicitário, baterista, compositor e escritor - flertando perigosamente com o roteiro. Reflete sobre cultura, pedaços de mainstream e as maravilhas ocultas em pequenas situações do cotidiano.

2 comentários

Write comentários
4 de julho de 2015 13:19 delete

PQP. Essa sutileza nas linhas, na leveza das rimas me deixou sem fala.

Adorei de uma forma muito particular.

Reply
avatar
Brunno Lopez
AUTHOR
6 de julho de 2015 15:17 delete

MF, sem palavras pra você, pra variar.
Sua visita é grandiosa.

Beijão.

Reply
avatar

Divague, opine, discuta. Coloque sua inspiração no 220v. Toda essa transpiração criativa é o combustível da minha respiração.