OS CRÉDITOS FINAIS SÃO APENAS O COMEÇO

sexta-feira, março 06, 2015 14 Comments A+ a-



Eu sabia que estava mais convencendo do que me fazendo acreditar.
“É o preço que se paga pelo entretenimento finito”, você dizia. Mas além das contas, eu também dividia a culpa por só nos alimentarmos de cultura em finais de semana. A realidade era escandalosa demais para que pudéssemos ignorá-la com classe.



Carrego a culpa de impedir você e toda a sua graciosidade de retomarem relações com o sono interrompido. Era você que nunca sonhava acordada por achar que o cotidiano não poderia ser mais confortável que sua cama de casal. E eu apenas tentando ser menos previsível que o jornal de ontem.



Era um Michelangelo tentando pintar a vida real de outros tons. Nada menos que diálogos de seriado para nossas discussões de relação em filas de supermercado. O mundo escrevia cartas e emails enquanto nós só nos contentávamos com folhas e folhas de scripts.



Diretores um do outro, fazíamos cenas sempre que possível, terminando o dia curiosos sobre os próximos capítulos. Uns davam o coração, a gente dava o play.



Mas um dia você me disse que “os créditos têm a função de nos trazer de volta à realidade depois de um filme e ainda nos faz refletir sobre tudo o que existe (ou deixou de existir) a nossa volta”.
Não pude manter a relação dentro das duas horas de exibição.



O cinema costuma acender as luzes, o blu-ray volta para o menu principal e eu?

Eu ainda não tenho patrocínio para uma sequência. Ou uma nova temporada.


Redator publicitário, baterista, compositor e escritor - flertando perigosamente com o roteiro. Reflete sobre cultura, pedaços de mainstream e as maravilhas ocultas em pequenas situações do cotidiano.

14 comentários

Write comentários
Lu Sam
AUTHOR
6 de março de 2015 21:37 delete

Ótimos textos, tens uma narrativa envolvente com comparações e metáforas nada clichês.
É triste quando relações viram atuações, na vida real é difícil o tão esperado happy end rs.
Abraços.

Reply
avatar
Lu Sam
AUTHOR
6 de março de 2015 21:38 delete

Ótimos textos, tens uma narrativa envolvente com comparações e metáforas nada clichês.
É triste quando relações viram atuações, na vida real é difícil o tão esperado happy end rs.
Abraços.

Reply
avatar
9 de março de 2015 01:38 delete

Que texto mais lindo! E eu me sinto bem assim, também. Só esperando uma possível sequência, uma nova temporada... É chato isso.

Beijos,
nighght

Reply
avatar
Cátia Netto
AUTHOR
10 de março de 2015 10:16 delete

Ótimo texto. Tua perspicácia envolve o leitor de forma muito agradável. Amei o texto! bj

Reply
avatar
Deise Lima
AUTHOR
11 de março de 2015 13:32 delete

O acender das luzes me torna desolada, desamparada, e agora o que fazer se acabou?! ... Curtir devagarinho a trilha que embala as letrinhas subindo rápido, enquanto os colegas de sala se apressam em direção á saída.
Mais um fabuloso texto, poeta!
Abraço!

Reply
avatar
Luísa Zanni
AUTHOR
19 de março de 2015 12:01 delete

Aaah, mas essa noite uma lua nova vai se esconder da gente. Quer palco melhor pra um episódio começar?
E outra: daqui a pouquinho o outono ta aí. Façamos das folhas caindo nosso patrocínio pra próxima temporada.

Que saudade de te ler, Brunno!
Beijão!

Reply
avatar
20 de março de 2015 12:43 delete

Ou aguardar todas as letrinhas subirem pra ver se no final dos créditos não tem um easter egg, como nos filmes da Marvel, já entregando algum spoiler e confirmando que vai sim ter sequência. :)

Como sempre ótimo texto!

Reply
avatar
Brunno Lopez
AUTHOR
9 de abril de 2015 09:13 delete

Grato pela opinião gentil de sempre.
Realmente, as relações nem sempre seguem como o roteiro espontâneo que deveriam.

Reply
avatar
Brunno Lopez
AUTHOR
9 de abril de 2015 09:20 delete

As novas temporadas sempre chegam, mesmo que cancelem o seriado.
Obrigado pela visita, srta.

Reply
avatar
Brunno Lopez
AUTHOR
9 de abril de 2015 09:24 delete

Agradeço o olhar por esse ponto, de verdade.
Beijão.

Reply
avatar
Brunno Lopez
AUTHOR
9 de abril de 2015 09:25 delete

Deise, sempre gentil e perspicaz em seus comentários por aqui. Fico feliz que isso possa ser um caminho a ser lido.

Reply
avatar
Brunno Lopez
AUTHOR
23 de abril de 2015 14:23 delete

Sempre uma alegria te ver de volta por aqui.

Reply
avatar
Brunno Lopez
AUTHOR
23 de abril de 2015 14:23 delete

Penso o mesmo, Juliana!

Reply
avatar
23 de abril de 2015 16:01 delete

Você escreve bem demais, Bruno. Seus textos são inteligentes e envolventes, ótimo conjunto! Um abraço. 48janeiros

Reply
avatar

Divague, opine, discuta. Coloque sua inspiração no 220v. Toda essa transpiração criativa é o combustível da minha respiração.