ERRAR É DESUMANO

quarta-feira, janeiro 16, 2013 18 Comments A+ a-



Para descobrir novas estações, precisei deixar de vestir o meu traje moralista de alta costura. Me arrastei por debaixo da sua porta e ouvi as boas vindas de um mundo ansioso para destronar minha majestade de caráter.

Na moda da superficialidade, todas desfilavam sobre a minha reputação. Os cafajestes dublavam os ecos de minha voz na esperança de reconquistar seus verdadeiros amores. Não que eu fosse o único da minha espécie, mas certamente era o último.

As tentações tem nomes que desconhecemos mas os rostos sempre são familiares. Eu decidi não raciocinar para testar a capacidade que meu coração tinha de mentir.

Quando não se leva nenhuma coisa a sério, a vida é uma festa interminável e o seu copo está sempre cheio. Tentava ficar impressionado por todas aquelas que trocaram a dignidade pela popularidade.

Eu reconhecia todos os movimentos, as estratégias previsíveis, as promessas tão vazias quanto os bolsos de quem não tem carteira assinada.
Suspiros? Nem os doces.

Não precisava de muita agilidade para me desviar de todos os olhares. Era uma pequena prepotência minha. Olhares dizem muito, mas quando nos fixamos apenas nessa ação, ficamos levemente vulneráveis ao imprevisível.

Aquela silhueta indiferente não se destacava da multidão, mas tinha estilo próprio. A respiração era doce e eu me senti analfabeto com toda aquela linguagem corporal. Admiração pode parecer uma pequena faísca, mas é o combustível mais inflamável que existe.

De tão quente, ela parecia ter o poder de fazer com que os verões fossem  eternos durante um simples beijo. Transformou minhas boas ações numa fogueira que atingiu os céus da minha confiança.
Eu havia perdido meus poderes. Meu coração sabia contar uma mentira.

Não seria possível voltar ao meu reino de postura ilibada e diplomacia incontestável. Não poderia reconquistar sua devoção com nenhum artifício surpreendente. A decepção mata a surpresa e o perdão não garante que as linhas da vida sejam escritas sem erros de ortografia.

Nem a minha maior sede foi capaz de beber toda a sua insanidade.
Acabei refém de meus disfarces quando você roubou todas as minhas melhores desculpas.

Algumas vontades são inesperadas e potencialmente irresistíveis. Os oportunistas e falsos românticos vivem dos prazeres imediatos. Nem todas as aventuras são saudáveis para a verdade de cada um de nós.
Por isso, quando decidirem abandonar as certezas da vida, estejam prontos para começar um relacionamento sério com o arrependimento.

Imagem: Emanuel Blenista

Redator publicitário, baterista, compositor e escritor - flertando perigosamente com o roteiro. Reflete sobre cultura, pedaços de mainstream e as maravilhas ocultas em pequenas situações do cotidiano.

18 comentários

Write comentários
17 de janeiro de 2013 10:33 delete

Ai Brunno!
Que bonito isso aqui ó: "A respiração era doce e eu me senti analfabeto com toda aquela linguagem corporal. Admiração pode parecer uma pequena faísca, mas é o combustível mais inflamável que existe. "

Sem dúvida, a admiração é o combustível mais inflamável, e o mais importante num relacionamento.
A partir do momento que você já não admira o parceiro, as coisas desandam.

O último da espécie?! Acredito que sim viu?!
Andam raríssimos estes 'tipos' rs...

Seus contos me deixam pensando, pensando, pensando.
Se pudesse, grifaria este todinho, tantas frases preferidas! (:

Abraço!

Reply
avatar
17 de janeiro de 2013 14:34 delete

Que texto lindo; Parabéns, você escreve muito bem! Adorei o blog e já estou seguindo, muito ótimo, tem tudo pra fazer sucesso. Segue o meu também?
www.espacegirl.blogspot.com

Reply
avatar
Mari.
AUTHOR
17 de janeiro de 2013 16:48 delete

''Admiração pode parecer uma pequena faísca, mas é o combustível mais inflamável que existe''. Um pouquinho mais dela e Boom!, tudo explode.
Tá preparado pra apagar o fogo ou prefere manter a chama acesa?

(Fazia tempo que eu não vinha aqui e vejo que não mudou nada, tá cada dia melhor ^^)

Reply
avatar
17 de janeiro de 2013 19:06 delete

"Os oportunistas e falsos românticos vivem dos prazeres imediatos. Nem todas as aventuras são saudáveis para a verdade de cada um de nós. Por isso, quando decidirem abandonar as certezas da vida, estejam prontos para começar um relacionamento sério com o arrependimento."

Chega um dia na vida que resolvemos abrir os olhos e encaramos a realidade, prazeres são momentâneos, valores e pricípios são para toda a vida.

Abraços

Reply
avatar
17 de janeiro de 2013 21:51 delete

Uoow! Confesso que li e reli ao menos umas quatro vezes. Teus textos sempre são muito maiores que o tamanho que têm, culpa da tua capacidade de encher de sensações as entrelinhas. Mas esse! Esse tem uma história no meio de cada linha. Parabéns!

Reply
avatar
18 de janeiro de 2013 09:14 delete

Admiração é algo que vem de dentro. Sem admiração não há um relacionamento proveitoso.

Você escreve muito bem.

Beijos.

Reply
avatar
quaresma.
AUTHOR
18 de janeiro de 2013 11:04 delete

não é ignorando o texto - que por sinal ficou bem ... instigante -, mas eu queria comentar a respeito da descrição no seu perfil, acho que nunca li uma que fosse tão original, gosti (:


beijas!

Reply
avatar
18 de janeiro de 2013 23:03 delete

"Algumas vontades são inesperadas e potencialmente irresistíveis. Os oportunistas e falsos românticos vivem dos prazeres imediatos. Nem todas as aventuras são saudáveis para a verdade de cada um de nós.
Por isso, quando decidirem abandonar as certezas da vida, estejam prontos para começar um relacionamento sério com o arrependimento."

Mandei esse texto pra alguém especial.
Você acaba de dar síntese aos meus pensamentos, e claro, ao sentimento também.
Essa coisa toda que vemos sempre nos outros e em nós mesmo, como por exemplo a troca da dignidade para ser adorado pelos outros. Toda essa fome de momento é o riso da noite e o pranto de um dia inteiro.
A verdade de cada um tem de ser honrada...
Adorei mesmo!


Espero que o seu coracão tenha achado toda a verdade de alguém, e se encantado mesmo assim. É lindo quando isso acontece.

abracos.

Reply
avatar
Ariana
AUTHOR
21 de janeiro de 2013 22:57 delete

"Por isso, quando decidirem abandonar as certezas da vida, estejam prontos para começar um relacionamento sério com o arrependimento."

De arrependimentos eu entendo bem e vivo um relacionamento bem sério com ele. Mas discordo do título do teu texto. Errar é humano sim.
São com os meus erros que eu aprendo a ser uma pessoa melhor e claro a não comete-los novamente.
Sobre o restante do texto eu concordo plenamente com a Ana, a admiração é tudo num relacionamento, sem ela não dá.

Continue assim, nos encantando com suas palavras.

Beijos

Reply
avatar
Emi
AUTHOR
23 de janeiro de 2013 02:41 delete

Fiquei impressionada com a forma direta e extremamente sábia que você escreve. É uma sensibilidade diferente, que chama a atenção e prende do início ao fim.
Eu poderia colocar aqui vários trechos que amei, mas acho que esse foi o que mais me tocou por se encaixar perfeitamente ao meu momento: ''Admiração pode parecer uma pequena faísca, mas é o combustível mais inflamável que existe. ''
E como é, né? Ela pode ser o princípio de maravilhas... Ou desastres.
Parabéns, de verdade. :) Você arrasou.
Beijos!

Reply
avatar
23 de janeiro de 2013 11:36 delete

Muito muito muito bom. ADOREI

Nath

http://anathalialima.blogspot.com.br/

Reply
avatar
24 de janeiro de 2013 01:11 delete

Eu amo seu blog estou sempre acompanhando.

Reply
avatar
Thaís.
AUTHOR
24 de janeiro de 2013 16:35 delete

Realmente, a escrita desse texto está bem direta. Uma realidade crua, mas bonita. Teu modo de escrever é muito intenso e bonito. Gosto disso!
''Olhares dizem muito, mas quando nos fixamos apenas nessa ação, ficamos levemente vulneráveis ao imprevisível. ''
Ótimo!
Um beijo, @pequenatiss.

Reply
avatar
Camila
AUTHOR
26 de janeiro de 2013 22:58 delete

Escreves muito bem(:

Reply
avatar
Shuzy
AUTHOR
31 de janeiro de 2013 21:43 delete

Nem só de suspiros viverá o homem...

Reply
avatar
1 de fevereiro de 2013 00:18 delete

Sabe quando você acaba de ler um texto e nota que ele foi feito todinho para ele mesmo? Coerente, cada frase se completa e, ao mesmo tempo, se desmembra pra criar um imaginário imenso.
Nessa frase, "Olhares dizem muito, mas quando nos fixamos apenas nessa ação, ficamos levemente vulneráveis ao imprevisível", eu fiquei aqui, lendo e pensando: realmente nos perdemos nos olhares, nos encantos, nas linguagens...e é isso mesmo, nosso pensamento vira faísca! E por pior que seja "queimar", é uma das melhores decisões que podemos tomar.

Como sempre, parabéns pelo texto! O poder do encanto com as palavras continua sempre contigo!
Um beijo!

Reply
avatar
10 de fevereiro de 2013 14:16 delete

Viva a vida a dois, seja como for.
;)
Parabéns pelo texto.
Abçs,
D.

www.atormentossingulares.com

Reply
avatar
10 de fevereiro de 2013 20:30 delete

Fiquei um tempão pensando no melhor comentário e acabei sem um que chegasse à altura desse texto. Mais uma vez quero dar ênfase ao comentário de que você escreve muitíssimo bem, não é todo texto que me deixa sem palavras, mas os seus costumam fazer essa raridade.

Reply
avatar

Divague, opine, discuta. Coloque sua inspiração no 220v. Toda essa transpiração criativa é o combustível da minha respiração.