COMO DESFAZER UM NÓ NA GARGANTA

segunda-feira, setembro 24, 2012 41 Comments A+ a-




Entenda que tudo é uma questão de temperamento. O que não funciona contigo pode facilmente fazer outra aventureira desejar tatuar o meu nome na nuca.
Por mais que a sua beleza seja uma falta de educação, a pior falta é a do amor que nem assiste mais as aulas. 
Não é a sensação de posse eterna que salvará esse ano letivo. Não são provas com consulta que alimentarão a sabedoria de um sentimento para o qual nunca tivemos vocação.
Essa felicidade em saborear a liberdade não está nos livros que nos obrigaram a ler. Eu acabei fazendo a sua lição de casa e aprendendo a viver por nós dois. Abracei desafios maiores que seu ego e não existem razões para que eu me matricule no seu coração por mais uma temporada.

Se for para cair no seu conceito, que seja de boca. Peço a conta dos seus serviços mas pagarei até o último centavo com amor. Se você ler nosso contrato de relacionamento, saberá que respeitei todas as cláusulas. Cumpri até promessas que não fiz só pra não ficar no escuro. Afinal, seu sorriso foi por muito tempo a única luz que existia em minha vida.
Ao mudar de ares, mudei de olhares. Nunca fomos invencíveis juntos, não conseguimos ser super-heróis com a capacidade de nos salvar de nós mesmos. E sinceramente, o mundo dos vilões é muito mais interessante do que essa teoria blasé que nos imputaram.
Entre o certo e o errado, eu escolhi você e a sua verdade. O problema é que elas funcionaram como anestésicos emocionais com prazo de validade vencido. Logo, tudo não passou de uma série de efeitos colaterais.


O show só começa pra quem perde o medo do palco. Eu sei todas as músicas, a diferença é que você não está mais na banda. E apesar de adorar os seus acordes, o sucesso não aceitou fazer escalas em sua capital.

Imagem: Jeremyah Rodrigues

CRIATIVIDADE: UMA HISTÓRIA DE AMOR

quarta-feira, setembro 12, 2012 14 Comments A+ a-



O problema em manter um relacionamento sério com a criatividade é que não existe nenhum protocolo a ser seguido. Nada que você tenha feito em seus envolvimentos passados funcionará aqui.

Esqueça as fórmulas infalíveis. Nenhuma regra pode ser aplicada nessa relação. Tudo é movido pela curiosidade, pelo paraíso que se pode encontrar em meio a um improviso, pelas soluções inspiradas que aparecem apenas após horas de transpiração.
Para se manter ao lado dela, você não pode ser nada menos que excelente. Ter prazer indelével em satisfazer todo e qualquer anseio, sempre com mais de uma opção de saciedade. Sempre terá que sobrar.

Encantar é o verbo obrigatório. Ou você a faz sorrir com os olhos ou viverá condenado à uma gargalhada eterna de desaprovação.
Só devorando os livros, mastigando páginas de revistas e até mesmo beliscando algumas bulas de remédio será possível fazer ela sentir algum apetite por você.


Ela se excita quando você troca o teclado pelo papel, quando seus ouvidos decidem escutar novas canções, quando você muda o caminho de volta pra casa, quando você oferece outras possibilidades ao seu cotidiano...

Todos os dias serão motivos para você encontrar novas maneiras de surpreender e de colecionar feitos inesquecíveis. Dessa forma, você entenderá o valor de cada pequena conquista quando a criatividade te beijar na boca e desejar alugar um quarto nos seus braços.

Uma vez na sua vida, você não hesitará em transformar esse namoro em matrimônio. Afinal, além de linda e cobiçada por nações, a criatividade é fiel, estimulante, extremamente gostosa, e o mais importante: te faz ser uma pessoa melhor do que qualquer outra coisa que um dia você já foi.

Imagem: Arnab Choudhury