KRIPTONITA

segunda-feira, setembro 27, 2010 34 Comments A+ a-

A resposta da minha máquina de escrever tem alguns traços da sua caligrafia.
Minhas roupas parecem confortáveis desde que você decidiu costurá-las com suas mãos.
Eu deveria te esconder. Todos querem contratá-la, todos precisam de um pouco da sua respiração, todos sabem que a sua ampulheta carrega hoje a minha versão em pó.

O engraçado é que você não apareceu me apontando uma arma e exigindo todos os meus pertences emocionais. Não foi impetuosa, não foi a gangster mais encantadora do pós-modernismo cardiovascular.
Você simplesmente olhou o que desejava, andou diante da variedade e complexidade dos meus produtos e escolheu o que faria seus encantos virarem combustível.

Eu não coloquei um cartaz de ‘procura-se’ mas algo na sua recompensa valeria a idéia.
Meus bolsos nunca estiveram tão pesados. São moedas que só funcionam em seu banco. São ações da sua empresa que se valorizam todas as vezes que decido aplicar em alguns dos seus diversos modelos de beijo.

Você não poderia ser apenas um bloco de notas. Suas páginas sugerem uma enciclopédia. E até os mais incultos desejariam cair de cabeça nos seus conhecimentos.

Pra alguém que estava pagando as prestações de um amor, como eu, você aprovou um crédito que nunca imaginei que tivesse.




[O presidente desse blog agradece a todos os comentários, em oníssono. As próximas postagens serão nominais aos comentários mais criativos e próximos da idéia original do autor. Hoje, eu vou agradecer à MÃE de uma pessoa muito interessante. Ela já leu todos os textos do Teatro, ou seja, sabe perigosamente muita coisa sobre o Brunno Lopez. Fica aqui o meu abraço e agradecimento gratuitos e honrados à ela.]

Redator publicitário, baterista, compositor e escritor - flertando perigosamente com o roteiro. Reflete sobre cultura, pedaços de mainstream e as maravilhas ocultas em pequenas situações do cotidiano.

34 comentários

Write comentários
Luiza
AUTHOR
27 de setembro de 2010 17:39 delete

ah Brunno, certamente eu me apaixono e fico louca pelas suas palavras! você é mágico em um teatro, onde suas palavras fazem o feitiço de me encantar sempre. eu devoro seus textos, sempre inteligentes na mistura das palavras, interessantes e envolventes. beijos

Reply
avatar
28 de setembro de 2010 02:53 delete

O amor expresso através das mais diversas e incríveis metáforas. Pura poesia. Prende, encanta e fascina.
Um comentário, por melhor que seja, só pode ser mais um simples comentário diante de um texto como esse.

Obrigada pela visita, e belo comentário em meu blog.

O Teatro Dos Sonhos? Seguindo!

Reply
avatar
Dani Brito
AUTHOR
28 de setembro de 2010 09:40 delete

Humm bajulando a sogra né? rsrs..to brincando Brunninho ^^.
Me encanta a sua mistura de realidade com amor.
Adorei a parte que vc fala da ampulheta que carrega a sua versão em pó. Caraca, vc é muito intenso!
Linnnnnnndos e apaixonantes seus textos.
"Siderreto"...auhauahuah

;)

Reply
avatar
Thammy
AUTHOR
28 de setembro de 2010 10:26 delete

"...todos sabem que a sua ampulheta carrega hoje a minha versão em pó."
Senti a intensidade de todo o seu texto nessas palavras. É mágico e brilhante o que escreves aqui. Você mistura o encanto e a percepção real que chega a ser também ilusória. Que gostoso foi ler-te.
Beijo.

Reply
avatar
Thais Alves
AUTHOR
28 de setembro de 2010 13:40 delete

E como sempre não tenho palavras para descrever as belas palavras que agora embebem o meus olhos, um singelo "lindo" é tão pouco diante das suas belas palavras, pois então te deixo infinitos "lindo", isso talvez compensará .

Reply
avatar
R;*
AUTHOR
28 de setembro de 2010 16:02 delete

Totalmente encantador e fascinante como você a descreve, como descreve essa relação!
Adorei mesmo!
Seguindo *--*
beeijo ;*

Reply
avatar
Mariana
AUTHOR
28 de setembro de 2010 17:25 delete

Você sabe passar tudo com tanta clareza.
Me sinto melhor por ter voltado ao blog. Melhor ainda por ter seu comentário lá. Obrigada, Brunno.

Reply
avatar
29 de setembro de 2010 10:00 delete

Quando tudo que se faz tem um pouco daquela pessoa é que se percebe que não tem mais como fugir. Resta-nos aceitar, mas só quando nos faz bem, muito bem.

Abraço meu.

Reply
avatar
Camila Paier
AUTHOR
29 de setembro de 2010 14:20 delete

"Eu não coloquei um cartaz de ‘procura-se’ mas algo na sua recompensa valeria a idéia."

E acho que fui eu quem te falei, que uma hora ou outra, o amor IA te pegar, não ia? HAHAHA
Que texto lindo, que declaração mais forte, cheia de figuras de linguagem que só tu poderia compreender. Enfim, eu quero muito que tu se apaixone, e seja feliz, Brunno querido! E que esse amor, assim como a Kriptonita, te dê muita, muita força :)
Beijoca!

Reply
avatar
' sibele lima
AUTHOR
29 de setembro de 2010 14:21 delete

Muito lindo *-*
escreve perfeitamente bem.
Parabéns, estou te seguindo.


http://sibeleliima.blogspot.com/

Reply
avatar
29 de setembro de 2010 17:09 delete

E tudo está prestes a acontecer em meu caro?!
O amor fantasia tudo mesmo..
e no inicio as mil flores e todos os romances..
dps começam a brigar por dinheiro
--'

Reply
avatar
olhar
AUTHOR
29 de setembro de 2010 17:24 delete

Brunno!
Muito bacana conhecer um blog tão rico quanto o seu!Sinta-se sempre bem vindo lá em meu OLHAR!
É realmente fascinante te ler!

Um beijo!

Bia

Reply
avatar
Naia Mello
AUTHOR
29 de setembro de 2010 20:28 delete

Quem me dera minha mãe aceitasse meus textos. Ela meio que nem acredita em mim. Acha tudo loucura! A tão doce. Ler e sentir por você esses carregadores de sentimentos.

Reply
avatar
Bruna F. T.
AUTHOR
29 de setembro de 2010 20:31 delete

Adorei a forma como revela o amor do personagem. Não com palavras óbvias, mas com expressões que nos tiram o fôlego. Muito bom o texto. ;)

Reply
avatar
bruna
AUTHOR
29 de setembro de 2010 21:33 delete

Adorei as metáforas e pelo jeito essa dona aí faz tu teres paradas cardíacas hã?
Beijos e tem coisa nova no meu =)

Reply
avatar
Aline Camilo
AUTHOR
30 de setembro de 2010 16:15 delete

gente, eu fico boba com as coisas que você escreve! *-*
as metáforas mais fofas do mundo.

lindo texto, como sempre.

beeeijos
sucesso

Reply
avatar
30 de setembro de 2010 20:22 delete

sempre no tom do romantico sem fronteiras. Gosto disso, gosto de pensar que tudo isso seja uma verdade, sua verdade, e gosto de ingerir isso.
obg, como sempre.. mandou super-bem.

Reply
avatar
1 de outubro de 2010 08:03 delete

O meu comentário com certeza vai ser o pior de todos.Porque o ÚNICO que consegue decifrar claramente o que está por trás desse texto é o próprio escritor;pois você é o único que sabe secretamente o que de fato todas essas frases significam :)
Lindoo,como sempre :)

-

Beeijão no (L)

Reply
avatar
1 de outubro de 2010 19:38 delete

Perfeito, perfeito, e mais algumas mil vezes perfeito. Não tem outra palavra para descrever esse lindo, intenso, apaixonante (e apaixonado) texto! Parabéns, Brunno, está... Bom... Por falta de palavra melhor e por pura repetição, Perfeito.

Reply
avatar
Carolyne Mota
AUTHOR
1 de outubro de 2010 19:51 delete

Muito lindo, realista e encantador.
Mas o que eu disser aqui é pouco pra todo esse encanto que teus textos me trasmitem.
Já estava com saudades dos teus escritos, que bom que voltou =D
Um abraço!

Reply
avatar
N.
AUTHOR
4 de outubro de 2010 00:57 delete

Vc varia entre o herói e o vilão. Mas, sinto te dizer que, o herói lhe so melhor.
A atmosfera exige isso. Vc tem a kriptonita nas mãos e faz o que deve ser feito. Gritas aos quatros ventos que tem o 'poder', mas não mostrá-lo a ninguém.
Não me canso nunca de estar na primeira fila deste teatro. Suas palavras me soam familiares e encantadoras.
Eu nunca deixarei de aplaudi-lo. Mesmo que perca seus poderes, e erre nas palavras..
Eu sempre estarei aqui.

Reply
avatar
Nina Vieira
AUTHOR
5 de outubro de 2010 19:15 delete

Dívida de amor se paga. Ando devendo muito, porque me personalizo friamente para que ninguém se aproxime. Sem sucesso. Entretanto, dou amor a quem merece. E aprendi a nada cobrar. Não se cobra amor sincero, pois nem sempre este vem como um presente. E amor com amor se paga.
Um abraço.

Reply
avatar
5 de outubro de 2010 19:55 delete

Opa Tudo bem ?
Dando uma visita :D
Muito bom seu Texto .

Abraço .

Reply
avatar
Larissa
AUTHOR
9 de outubro de 2010 22:58 delete

São tantas comparações que fazes ao amor, que hoje acredito que não exista mais nada que você já não tenha comparado.
E, se for a sogra que leu os textos, deixe ela saber. Não há porque esconder um passado. Ele já não faz parte desse presente teu :)

Reply
avatar
10 de outubro de 2010 16:44 delete

Lindíssimo.

Nunca tinha conhecido uma descrição de amor dessa forma, jamais pensada antes, mas aparentemente tão simples.
E das mais bonitas.

bons ventos :*

Reply
avatar
Luiza
AUTHOR
10 de outubro de 2010 20:11 delete

E quando você pensava em catar as flores, ela já lhe vinha com todo o buquê. E ainda que pouco preparado, ela aceitou cada suspiro seu e cada tinlintar de seus sinos. Se você se preocupa com o amor, relaxe e deixe que ele toque a campainha o quanto antes.

Reply
avatar
Suedivaldo
AUTHOR
12 de outubro de 2010 01:20 delete

Oi.. Tudo bem?
Que bacana esse seu blog, muito interessante. Esse post esta incrível. Parabéns pelo Blog! Vou continua acompanhando seus posts, pois já tou seguindo já. Segue o meu lá também, tem um trabalho bem bacana.

http://galeriadephotoos.blogspot.com/

Saudações, Abraço!

Suedivaldo

Reply
avatar
17 de outubro de 2010 17:33 delete

Você escreve divinamente, já lhe disse? Gosto muito daqui! :)

Reply
avatar
Luna Sanchez
AUTHOR
26 de outubro de 2010 11:52 delete

Pois mandar bem no improviso é a maior das artes, na minha opinião.

Ótimo texto, gostei.

ℓυηα

Reply
avatar
Naty
AUTHOR
26 de outubro de 2010 14:42 delete

Bem,estou te seguindo.Gostei demais dos seus textos,gosto muito de escrever,me expressar com palavras escritas e você é maravilhoso nisso.
Me identifiquei com uma parte do seu texto, "Eu não decorei nenhuma das falas que a vida me escreveu.
Eu tenho uma dificuldade abismal para planejar".beijos.

Reply
avatar
Roberta Prado
AUTHOR
28 de outubro de 2010 06:11 delete

Já me deixei cair na mentira mais indiscreta que me feriu sem piedade. Mas devo sempre agradecer a quem sabe fazer da realidade do amor, as mais doces poesias pintadas em um simples papel. Passo a acreditar em cada palavra e a te admirar mais ainda a cada texto que leio.

Eu sou só mais uma pessoa que se derrete e encanta. Tu é alguém com um poder incrível de transformar teus geniais pensamentos e sentimentos em verdades esclarecidas.

Beijos, querido!

Reply
avatar
Vanessa
AUTHOR
28 de outubro de 2010 14:14 delete

Menino....surpresa boa seu blog.
Vc me fez rir e refletir.
Beijão.
http://ameninaqueroubavasimesma.blogspot.com

Reply
avatar
Súu
AUTHOR
29 de outubro de 2010 17:38 delete

Olá!
Obrigado por passar no meu blog!
estou seguindo-te *o*
Muiito bom seu texto, e lindo, e perfeito *o*

Escreves muito bem! Parabéns!

Reply
avatar
alemdoque
AUTHOR
9 de dezembro de 2010 17:44 delete

As palavras ditas no tom correto trazem calor e alivia a dor que possa estar em um coração.

Descobri o acorde das suas palavras..

bjos..!

Reply
avatar

Divague, opine, discuta. Coloque sua inspiração no 220v. Toda essa transpiração criativa é o combustível da minha respiração.